Passar para o Conteúdo Principal

Ópera no Património regressa a Leiria com a grande música universal

Opera no patrimonio 1 675 2500
08 Agosto 2018

A ópera La Traviata, de Giuseppe Verdi, é o grande destaque da programação deste ano em Leiria da Ópera no Património, um projeto que visa a realização de um conjunto de eventos de cariz operático associados ao património e à cultura dos territórios de Leiria, Batalha, Viseu, Pinhel, Vila Nova de Foz Côa e Coimbra.

Em Leiria, a programação vai decorrer entre os dias 06 e 09 de setembro, juntando o melhor de dois mundos: o nosso património monumental e o património imaterial da grande música universal.

Como realça o mentor e programador o José Ferreira Lobo o programa “O.P.(us) – Ópera no Património “é um projeto do qual constam 91 realizações ao longo de um vasto roteiro, incluindo Ópera em versão cénica, Ópera em versão de concerto, Música Coral Sinfónica, Música de Câmara, Sessões Didático-Pedagógicas, Conferências, Master-Classes e outras realizações.

“O roteiro inclui também a descoberta do património, através de visitas guiadas e palestras, em articulação com os eventos musicais, alinhado com uma estratégia regional de preservação de valores culturais e naturais, e de incremento do turismo cultural, constituindo-se como um forte ativo cultural e económico junto das populações”, destaca.

Orquestras, equipas criativas, cantores, bailarinos e técnicos de cena, interpretam obras referenciais da História da Música, conferindo uma dimensão cénica integral e única no Mundo aos espaços patrimoniais, muitos destes classificados pela Unesco como Património da Humanidade, que acolhem os eventos, acrescenta.

“A inclusão de elementos singulares e coletivos das comunidades contribui para o desenvolvimento sociocultural e formativo, local e regional”, considera José Ferreira Lobo, considerando que “este roteiro é um passo na direção de um vasto programa de criação de novos públicos, de formação dos públicos já existentes, para além da fruição cultural, essencial a um global desenvolvimento do Ser Humano enquanto ser cultural e social”.

Na cidade do Lis, os primeiros acordes poderão ser ouvidos no Moinho do Papel, às 18:00 do dia 06 de setembro, por graça e obra do Quarteto de Cordas, seguindo-se a Igreja da Misericórdia, às 19:30, também com Quarteto de Cordas.

No dia 07 vira-se a primeira página do programa, às 18:30, na Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira, com Grupo de Sopros, abrindo-se as portas do Teatro José Lúcio da Silva às 21:30 para o ensaio aberto de La Traviata - Ópera em três atos de Giuseppe Verdi.

No dia 08 há grandes emoções em Leiria, com o concerto operático La Traviata, de Giuseppe Verdi, às 21:30, no Teatro José Lúcio da Silva, um grande espetáculo antecedido pela atuação do Grupo de Cordas, às 18:00, no Museu de Leiria.

No dia 09 música e património unem-se com toda a solenidade na Sé de Leiria, com um Concerto Coral Sinfónico de Karl Jenkins - Missa para a Paz, às 16:00.

Um programa de excelência
O programa “O.P.(us) – Ópera no Património” teve início em 2017 e prossegue até 2019, com apresentação de obras de referência da história da música, em alguns dos mais emblemáticos monumentos da região Centro, num total de 91 espetáculos por ano.

Uma das ideias chave do “O.P.(us) – Ópera no património”, que tem como mentor e programador o maestro José Ferreira Lobo, é a dinamização do património material, através da organização de espetáculos em imóveis ou locais de valor patrimonial extraordinário, seja arquitetónico, urbano ou natural, concedendo à obra musical uma dimensão cénica notável.

No ano passado, o programa envolveu, em Leiria, 1.702 espectadores nos diversos concertos, a que se juntam 682 participantes em residências artísticas, o que perfaz um total de 2384 pessoas.

Câmara Municipal de Leiria
Largo da República, 2414-006 Leiria
T 244 839 500
E cmleiria@cm-leiria.pt

Validação
powered by Wiremaze
Compete 1 675 999