Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao Início

Conferências, oficinas e visitas guiadas animam exposição de estereoscopia

Scw 4133 1 675 2500
11 Fevereiro 2015


Conferências, oficinas e visitas guiadas são as atividades que durante os meses de fevereiro e março fazem parte da exposição de estereoscopia que está patente ao público no m|i|mo – museu da imagem em movimento, até 15 de março.


Assim, no sábado, dia 14 fevereiro, pelas 16 horas, tem lugar no m|i|mo, a primeira parte da Conferência Paradigmas da Estereoscopia, que contará com os oradores: Margarida Medeiros, Rodrigo Peixoto, Teresa Mendes Flores e Vitor dos Reis. A segunda parte desta conferência realiza-se também no m|i|mo, no dia 14 de março, pelas 16 horas e os oradores serão: Ana David, Joana Bicacro, Jorge Leandro Rosa e Victor Flores.


Ainda no dia 14 de fevereiro, pelas 11 horas o m|i|mo recebe a oficina AMOR em 3D´S”, uma oficina de Cianotipia Estéreo com António Palmeira. Esta oficina incidirá sobre a impressão de fotografias estereoscópicas da coleção do m|i|mo, com experiência de visionamento imersivo. Destinada a jovens e adultos, podem inscrever-se nesta oficina cerca de 15 participantes.


Pelas 15 horas realiza-se uma visita guiada subordinada ao tema “A Terceira Imagem”, durante a qual serão apresentadas as coleções do m|i|mo. Nesta visita poderão participar 40 pessoas.

 

Os interessados em acompanhar quer a oficina, quer a visita guiada, poderão inscrever-se gratuitamente, através do telefone: 244 839 675 ou do email mimose@cm-leiria.pt .

A visita guiada à exposição A Terceira Imagem, com apresentação das coleções do m|i|mo – museu da imagem em movimento, repete-se no sábado, dia 21 de fevereiro, também pelas 15 horas.

Exposição A Terceira Imagem a Fotografia Estereoscópica em Portugal e o desejo do 3D

Dedicada à fotografia estereoscópica em Portugal e objetivada no modo como produziu um novo olhar sobre os temas, os géneros, as composições fotográficas e sobre os “assuntos portugueses” a exposição “A Terceira Imagem a Fotografia Estereoscópica em Portugal e o desejo do 3D” partiu de um estudo das coleções e dos fundos de fotografia estereoscópica de museus e arquivos públicos nacionais, resultando na “primeira” apresentação das coleções e fundos autorais de estereoscopia.

Sobre a Estereoscopia

Foi o investimento científico no estudo da visão que originou a fotografia estereoscópica.

A partir de 1833, um par de imagens gémeas passou a poder reproduzir o fenómeno da visão binocular e, como tal, gerar ‘vistas com relevo’ resultantes de uma ilusão perceptiva de tridimensionalidade. A imagem com aspeto tridimensional que a estereoscopia oferece não coincide com nenhuma das duas imagens recebidas pelos olhos, uma vez que é uma síntese das anteriores, ou seja, uma Terceira Imagem. A possibilidade de reprodução desta experiência ótica, fortemente realista e imersiva, permitiu à fotografia estereoscópica responder tanto ao emergente desejo social de viajar para paisagens distantes (por muito que apenas virtualmente), como ao desejo de que a fotografia se pudesse confundir com a realidade, adquirindo ‘vida’.

Câmara Municipal de Leiria
Largo da República, 2414-006 Leiria
T 244 839 500
E cmleiria@cm-leiria.pt

Validação
powered by Wiremaze
image title