Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao Início

MOVIDA.polis disponibiliza programa de monitorização de exercício físico através de aplicação móvel

Movida 1 675 2500
04 Dezembro 2019

O Município de Leiria e o Politécnico de Leiria apresentaram esta quarta-feira, dia 4 de dezembro, na Ludoteca do jardim da Almuinha Grande, o Movida.polis, um programa de aconselhamento de atividade física à medida de cada utilizador.

Um dos principais objetivos deste programa passa pela utilização da tecnologia associada à prática do exercício físico, que permite a análise de dados e um acompanhamento personalizado dos praticantes.

“A prática desportiva é consensualmente reconhecida como um dos fatores de maior importância para a promoção de uma vida de qualidade nas sociedades contemporâneas, onde os apelos ao sedentarismo são cada vez mais fortes”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Leiria, Gonçalo Lopes, para quem, só a especial conjugação de esforços entre o Município e o Politécnico de Leiria permitiram colocar em prática o Movida.polis. “Este projeto representa uma mais-valia para os residentes de Leiria que têm ao seu dispor uma ferramenta muito útil para escolher o modelo de exercício mais adequado às suas características”, disse.

O presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa, destacou a importância da parceria da Câmara Municipal de Leiria neste projeto, que não se fecha em si e que tem uma rede colaborativa de proximidade, na qual participam diversas entidades, que colocam a sua experiência e o seu conhecimento ao serviço da sociedade, com vista à promoção da qualidade de vida dos cidadãos.

Para o investigador principal do projeto Movida, e recém eleito diretor da Escola Superior de Saúde, Rui Fonseca Pinto, “o Movida.polis nasceu da ideia de que era importante que nos locais identificados como locais de treino houvesse a possibilidade de, através de uma aplicação móvel, os praticantes ficarem com um registo da sua utilização do circuito, mas terem também acesso a recomendações sobre o programa de treino mais adequado para si, ou seja, uma espécie de personal trainer”.

Projetado para ser utilizado em circuitos urbanos de manutenção (neste caso no percurso Polis de Leiria), o Movida.polis pode ser também usado em percursos similares.

Com cinco estações de treino disponíveis ao longo do percurso, nomeadamente o parque radical, jardim da Vala Real, jardim do Carpalho, jardim da Almuinha Grande e Foz do Lena, em cada estação há uma placa identificadora onde pode ser feita uma leitura do QRcode para ter acesso ao programa de treino.

Para utilizar o programa é necessário fazer download grátis da App MOVIDA.polis (IOS e Android) e, antes da primeira utilização, responder a um questionário, após o qual é sugerido pelo sistema o tipo de treino a realizar.

O utilizador pode iniciar o percurso em qualquer uma das estações e escolher os exercícios a realizar em cada uma delas. No fim do exercício ou no fim de cada estação é registado o seu desempenho através da frequência cardíaca e do nível de esforço sentido. Com a utilização continuada da App no percurso, o sistema vai fazendo novas recomendações em função do histórico do desempenho do utilizador. Este é um aconselhamento personalizado e adaptado a cada exercício ou estação de treino.

A utilização deste sistema é recomendada apenas a pessoas sem contraindicações para a prática de atividade física, pelo que se tiver dúvidas o utilizador deverá consultar o médico assistente.

O Movida.polis integra o projeto MOVIDA, um programa de saúde na comunidade, desenhado para prescrever ou recomendar (conforme o caso), e supervisionar a prática de atividade física, sendo suportado por tecnologia móvel e baseado em análise de dados e inteligência artificial.
Do projeto MOVIDA fazem parte, além do Movida.polis, o Movida Cronos, Movida Domus e Movida Eros. Todas as informações em www.movida.ipleiria.pt .

Câmara Municipal de Leiria
Largo da República, 2414-006 Leiria
T 244 839 500
E cmleiria@cm-leiria.pt

Validação
powered by Wiremaze
compete