Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao Início
Alertas/trânsito
  

Leiria já faz parte da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas de Cerâmica

Barro da bajouca   btl 2004   2 1 675 2500
16 Novembro 2020

Desde o passado dia 10 de novembro que o Município de Leiria faz parte da Associação Portuguesa de Cidades e Vilas de Cerâmica – APTCVC.

A integração de Leiria na associação foi votada em Assembleia Geral daquela associação, criada em 2018, e que tem como membros fundadores os municípios de Alcobaça, Aveiro, Barcelos, Batalha, Caldas da Rainha, Ílhavo, Mafra, Montemor-o-Novo, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Tondela, Viana do Alentejo, Viana do Castelo e Vila Nova de Poiares. Em 2019 aderiram os municípios de Oliveira do Bairro e Porto de Mós e, em 2020, Leiria e Condeixa.
Todos estes municípios têm em comum a forte tradição ou importância económica no campo da cerâmica artesanal, patrimonial ou industrial.

“Fazer parte destas redes, nacional e europeia, é muito importante, para Leiria desenvolver a sua estratégia na área da cerâmica e da olaria, bem como a valorização do seu património azulejar, com destaque para os elementos decorativos de gosto Arte Nova da arquitetura Korrodi, que podem ser descobertos percorrendo os roteiros korrodi, assim como do seu património cerâmico, material e imaterial, com ênfase na freguesia da Bajouca”, destaca a vereadora da Cultura, Anabela Graça.

O Município de Leiria, em conjunto com a Associação Bajouquense para o Desenvolvimento e a Junta de Freguesia da Bajouca, tem promovido várias ações de sensibilização para esta arte, com o objetivo de revigorar uma das mais marcantes manifestações do artesanato no concelho, no sentido de promover o barro, partilhar o saber-fazer, valorizar o ofício e evidenciar o seu potencial para a sustentabilidade económica e social.

Além da atenção que tem dado à olaria e ao artesanato, com a presença dos oleiros e artesãos em certames nacionais e internacionais, da Exposição Nacional de Olaria, de exposições de autor, de residências artísticas com artesãos internacionais, o Município quer apostar, também, na preservação e valorização do património azulejar do concelho e na valorização da cerâmica industrial, pelo que, para a vereadora Anabela Graça, a APTCVC será uma mais-valia para a consecução e operacionalização desta estratégia.

A Associação Portuguesa de Cidades e Vilas de Cerâmica - APTCVC

A APTCVC está a finalizar a adesão ao Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial de Cidades Cerâmicas (AeuCC), constituído por Itália, França, Espanha e Roménia, a que se irá juntar este ano a Alemanha e Portugal.

Constituída em janeiro de 2014, a AeuCC, conta com a participação de mais de uma centena de cidades cerâmicas de toda a Europa, nomeadamente 36 cidades italianas, 22 francesas, 28 espanholas, 16 romenas, 10 alemãs e 18 portuguesas, num projeto de cooperação e de intercâmbio com o objetivo de valorizar a cerâmica, no quadro das novas políticas europeias para os territórios.

Com um papel fundamental na discussão e aprovação, pelo Parlamento Europeu e pela Comissão Europeia, de legislação para a atribuição de Indicações Geográficas de Origem para produtos não agrícolas, como a cerâmica tradicional de cada país, esta entidade está a preparar a candidatura da cerâmica europeia a Património Imaterial da Humanidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura - UNESCO.

A APTCVC, além dos municípios associados, tem como membros honorários as principais instituições e organizações que apoiam ou estudam e investigam a cerâmica em Portugal e que são nomeadamente: APICER - Associação Portuguesa das Indústrias de Cerâmica e de Cristalaria (Coimbra); Cencal - Centro de Formação Profissional para a Indústria Cerâmica (Caldas da Rainha), Cepae - Centro de Património da Estremadura (Batalha), Ctcv – Centro Tecnológico da Cerâmica e Vidro (Coimbra), DEMaC - Departamento de Engenharia de Materiais e Cerâmica da Universidade de Aveiro (Aveiro), ESAD.CR - Escola Superior de Artes e Design (Caldas da Rainha), PH - Património Histórico PH – Grupo de Estudos (Caldas da Rainha) e Spcv - Sociedade Portuguesa de Cerâmica e Vidro (Aveiro).

Câmara Municipal de Leiria
Largo da República, 2414-006 Leiria
T 244 839 500
E cmleiria@cm-leiria.pt

Validação
powered by Wiremaze
compete