Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao Início
Alertas/trânsito
  
Links rápidos

Gonçalo M. Tavares na Biblioteca Municipal de Leiria

 

   

Gonçalo M. Tavares, um dos principais autores portugueses da atualidade, estará na sala polivalente da Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira, em Leiria, no dia 8 de abril, pelas 21 horas, para apresentar o seu último livro "Atlas do Corpo e da Imaginação".

Editado pela Caminho, esta obra conduz-nos com precisão e entusiasmo através do labirinto que é o mundo em que vivemos.

"Atlas do Corpo e da Imaginação" é um livro que atravessa a literatura, o pensamento e as artes passando pela imagem e por temas como os da identidade, tecnologia; morte e ligações amorosas; cidade, racionalidade e loucura, alimentação e desejo.

Poeta e romancista português, Gonçalo M. Tavares nasceu no ano de 1970 na cidade de Luanda, em Angola.

A carreira de Gonçalo M. Tavares começou verdadeiramente a partir do momento em que traduziu seis dos seus poemas para a língua inglesa e os enviou para uma revista literária de Boston, a Salamander.

Assim sendo, quando submeteu o seu primeiro trabalho de corpo, uma compilação de poemas intitulada Investigações Novalis (2002) a um concurso literário, foi imediatamente agraciado com o Prémio Revelação de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores.

No ano de 2000 foi-lhe atribuída uma bolsa de Criação Literária do Ministério da Cultura para a área da Poesia.

Publicou a sua primeira obra em 2001, uma recolha de poemas dedicados à temática do corpo, e entre os quais se destacaram "De Qualquer Modo Dança", "A História da Dança", "Não encontro o Amor", "A Alma Existe?" e "Dobrar-se".

Também nesse ano apareceram três outros volumes, O Senhor Valéry (2002), conjunto de textos narrativos à primeira vista destinados ao público infantil mas, que no fundo, aspirava a uma sucessão de considerações filosóficas, e que foi galardoado com o Prémio Branquinho da Fonseca, A Colher de Samuel Beckett e Outros Textos (2002), que prosseguia o estilo característico do poeta, marcado essencialmente por homenagens e citações, e O Homem ou é Tonto ou é Mulher (2002), que incluía, por exemplo, aliterações criadas a partir do título português de uma obra do sueco Stig Dagerman, Vårt behov av tröst är omättligt...(1952, A nossa necessidade de consolo é impossível de satisfazer).

No ano de 2003 publicou o seu primeiro romance, "Um Homem: Klaus Klump".

No ano seguinte, lança "Jerusalém", obra galardoada com três prémios: o Prémio Ler Millennium BCP em 2004, o Prémio Literário José Saramago em 2005 e, no Brasil, o Prémio Portugal Telecom em 2007.

O escritor Gonçalo M. Tavares é o vencedor do Prémio do Melhor Livro Estrangeiro publicado em França em 2010, com o romance "Aprender a Rezar na Era da Técnica".

"A Máquina de Joseph Walser", da sua autoria, figurou entre as 25 obras nomeadas para o Prémio de Melhor Livro de Ficção Traduzido nos Estados Unidos em 2012, atribuído pelo blogue 'Three Percent', com o patrocínio da Amazon.

A entrada é livre.

 

Câmara Municipal de Leiria
Largo da República, 2414-006 Leiria
T 244 839 500
E cmleiria@cm-leiria.pt

Validação
powered by Wiremaze
compete