Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao Início
Alertas/trânsito
  
Links rápidos

Câmara atribui medalha de ouro ao Hospital de Santo André


O Hospital de Santo André, EPE, é uma unidade hospitalar que entrou em funcionamento em 1995, de âmbito regional, abrangendo uma população de cerca de 350 mil habitantes, pertencentes aos concelhos da Batalha, Leiria, Marinha Grande, Porto de Mós e parte dos concelhos de Alcobaça, Nazaré, Ourém e Pombal.

É um hospital público, integrado no Serviço Nacional de Saúde, com a natureza jurídica, desde 1 de Janeiro de 2006, de Entidade Pública Empresarial (EPE), sucedendo à forma de Sociedade Anónima, que teve desde Dezembro de 2002.

Enquanto Unidade Hospitalar de referência no Distrito de Leiria, o Hospital de Santo André desenvolve a sua actividade assistencial em Internamento, Urgência, Consulta Externa, Hospital de Dia e Cirurgia Ambulatória.

O desenvolvimento da sua actividade rege-se pelos seguintes valores: respeito pela dignidade humana e pelos códigos de conduta próprios de cada grupo profissional, no quadro da prestação de cuidados em equipa; prossecução da qualidade e da eficiência no desenvolvimento da sua actividade; desenvolvimento de uma cultura de conhecimento e aperfeiçoamento técnico e profissional e o primado do doente.

Nos últimos anos, a modernização das instalações do Hospital de Santo André tem sido constante, com remodelações estruturantes e a criação de novas unidades de tratamento, numa lógica de prestação de cuidados modernos, inovadores e humanizados.

Em Maio de 2010 entraram em funcionamento o novo Serviço de Medicina Intensiva e a nova Unidade de Hemodinâmica e Intervenção Cardiovascular do Serviço de Cardiologia, equipados com tecnologia de ponta.

Ainda em Maio de 2010 foram inauguradas as novas instalações da cozinha e do refeitório, cujo funcionamento é coordenado pela Unidade de Nutrição e Dietética.

Este hospital inaugurou em Setembro de 2010 um novo Serviço de Urgência Geral, a funcionar em instalações provisórias, enquanto decorrem as obras no serviço definitivo, que irá aumentar para mais do dobro a capacidade de resposta desse serviço.

Com esta requalificação obtiveram-se ganhos significativos ao nível da capacidade de resposta, da possibilidade de separação em áreas de cor, dos doentes por gravidade da doença ou acidente, tendo como recurso inicial todas as potencialidades da "Triagem de Manchester".

Ao nível dos resultados assistenciais, que têm impactos directos nos utentes, é imperioso destacar os valores alcançados entre 2006 e 2010, com os aumentos de 33,8% das consultas externas, de 13,8% nas primeiras consultas, de 45,7% nas intervenções cirúrgicas, de 125,3% nas cirurgias em ambulatório e de 79,5% nas sessões em Hospital de Dia.

Nos últimos cinco anos foram investidos 21,5 milhões de euros na assistência aos doentes, ao nível da melhoria das condições, quer em termos de equipamentos quer em termos de instalações. Entre 2006 e 2010 foram internados nos diversos serviços do hospital cerca de 80 mil doentes.

Recentemente, surgiu um novo desafio para o Hospital de Santo André, a sua fusão com o Hospital Distrital de Pombal, dando origem ao Centro Hospitalar de Leiria – Pombal, EPE (Decreto-Lei nº 30/2011 de 2 de Março). Este novo caminho representará, por certo, o aproveitamento de sinergias, que permitirá o aumento da eficiência dos cuidados de saúde prestados.

Ao extinguir-se a designação Hospital de Santo André e tratando-se de uma Instituição que desenvolveu uma missão de enorme relevância, a Câmara Municipal de Leiria, com fundamento no regulamento da "Medalha da Cidade", delibera por unanimidade galardoar com a "Medalha da Cidade de Leiria", insígnia de 1ª Classe (Ouro), o Hospital de Santo André, pelo excelente exemplo de serviço público.

 

Câmara Municipal de Leiria
Largo da República, 2414-006 Leiria
T 244 839 500
E cmleiria@cm-leiria.pt

Validação
powered by Wiremaze
compete